Seja Bem-vindo ao Profissão Bombeiro

Entre agora!

Faça parte da comunidade e inscreva-se hoje!

Dicas para trabalhar como bombeiro na Copa do Mundo

Está cada vez mais perto. Na verdade, já é uma realidade. As obras estão a todo vapor e, nos bastidores, uma série de medidas está sendo tomada como parte integrante do majestoso planejamento para os grandes eventos que o Brasil irá sediar em 2014 e 2016: Copa do Mundo e Olimpíadas. Indiscutivelmente, ter a oportunidade de trabalhar na Copa do Mundo, contribuindo, de alguma forma, para a concretização deste feito, será um marco histórico na carreira de qualquer profissional. E para nós, bombeiros, não seria diferente. Em tempos em que se decide qual o nome oficial que será dado ao mascote do torneio de futebol, mais vale para nós saber como usufruir desta oportunidade única. Pois bem, vamos às considerações. 

Mascote Copa do Mundo 2014

O Ministério da Justiça, por meio da Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) e Sesge (Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos), capacitará 53 mil policiais militares, civis, federais, rodoviários federais, bombeiros e outros profissionais de segurança pública para atuarem na Copa do Mundo da FIFA 2014 e demais eventos que o Brasil sediará.

Metodologia da capacitação

Cada profissional deverá participar de dez treinamentos diferentes, em média. Os 40 cursos (20 presenciais e 20 a distância) serão realizados entre dezembro de 2011 e dezembro de 2013. Os instrutores responsáveis pela formação serão profissionais com notório conhecimento nas temáticas. No primeiro semestre de 2014, todos os capacitados passarão por atualização que vai conferir a Certificação Copa 2014. As atividades a distância serão desenvolvidas por meio da Rede de Ensino a Distância (EAD) da Senasp.

Veja também: >>> Academia Copa – rede EAD/Senasp

Já os cursos presenciais serão realizados nos Centros de Apoio para a Capacitação (CAPCs), instalados nos Institutos de Ensino de Segurança Pública (academias, centros de formação etc.) de cada uma das instituições (Polícia Militar, Polícia Civil e Bombeiro Militar) dos estados-sede. A Senasp também terá um centro de capacitação, em virtude da atuação da Força Nacional de Segurança Pública.

Projeto da Arena Fonte Nova 2014

Veja algumas dicas para você trabalhar na Copa: 

1) Você deve fazer parte de um dos 12 estados-sede: Os estados selecionarão servidores de segurança pública e acompanharão o desempenho dos profissionais, assegurando que eles atuarão durante os eventos. Os participantes se dividirão em três categorias: especialistas, multiplicadores (que serão qualificados para treinar outros profissionais e para também para atuar ordinariamente) e operadores (aptos a usar os conhecimentos no trabalho ordinário).

2) Fique atento às inscrições para os processos seletivos: As capacitações já iniciaram, portanto, esteja atento e se agarre na próxima oportunidade que surgir. Como  a concorrência é extremamente alta, e as capacitações são sequenciais (modulares), cada oportunidade perdida para ingressar nesse projeto diminui significativamente suas chances de estar entre os selecionados.

3) Melhore seu inglês: Os conhecimentos em língua estrangeira (Inglês, em especial) estão sendo o diferencial para selecionar os candidatos para o projeto Academia Copa. Algumas capacitações, inclusive, estão sendo realizadas em outros países, como nos Estados Unidos, que, recentemente capacitou os brasileiros em áreas como Sistema de Comando de Incidentes e controle de Fronteiras.  Portanto, esse é o momento mais que adequado para se dedicar ao aprendizado de outros idiomas.

4) Atue em sua área de especialização: As possibilidades para trabalhar na Copa do Mundo são diversificadas, variando dentro da nossa área de atuação operacional. Dessa forma, é importante que você foque em sua área de especialização e procure as oportunidades onde você se destaca. Certamente, uma análise de currículo ou um processo seletivo serão mais facilmente superados se for dentro daquilo que você já está costumado a fazer.

No mais, ficam o votos de sucesso aos felizardos bombeiros pertencentes aos estados-sede que tiverem a sorte de participar desta missão. Aproveitem esta oportunidade em todos os sentidos.

Obs.: O projeto de capacitação do Governo Federal para a Copa do Mundo somente é válido para os bombeiros militares de carreira. Se você não é BM, saiba como ingressar na profissão aqui.

Fonte: Portal da Copa



Compartilhe

Comentários (0)