Seja Bem-vindo ao Profissão Bombeiro

Entre agora!

Faça parte da comunidade e inscreva-se hoje!

Estudo revela: bombeiros possuem o 2º trabalho mais estressante do mundo

Um estudo realizado pelo site de empregos CareerCast revelou que os trabalhos onde os funcionários colocam suas vidas em risco, como militares e bombeiros, estão entre os mais estressantes, enquanto que aqueles que não representam perigo iminente, como fonoaudiólogos e cabeleireiros, causam menos estresse. No entanto, nem todo o stress no local de trabalho emana de perigo. Os pesquisadores disseram que trabalhos como executivo de relações públicas, repórter e coordenador de eventos estão entre os mais estressantes por causa de prazos apertados e da exposição público.

O sistema de classificação do CareerCast para o estresse profissional considera 11 diferentes características que podem ser decisivas para o surgimento do estresse, incluindo quantidade de viagens, potencial de crescimento, prazos, a exposição pública, a competitividade, exigências físicas, as condições ambientais, perigos encontrados, o risco de vida pessoal e dos outros e atendimento ao público.

A pontuação mais alta foi concedida se uma determinanda arcterística era uma parte importante do trabalho; menos pontos foram atribuídos se a característica era ocasional, e não pontos foram atribuídos se característica não era normalmente presente naquela profissão.

Com base em rankings do site, os 10 trabalhos mais estressantes para 2014 são:

1. Militares (alistados)

2. Militares (geral)

3. Bombeiro

4. Piloto de companhia aérea

5. Coordenador do evento

6. Executivo de relações públicas

7. Executivo sênior

8. Repórter

9. Policial

10. Taxista



Compartilhe

Comentários (0)